Saiba como inserir o estilo geek em cada ambiente do seu lar

Hoje em dia a busca por decoração e design de interiores cresce a passos largos no Brasil. Algumas pessoas buscam maneiras tradicionais e regulares de harmonizar o ambiente, já outras preferem algo mais personalizado e marcante, como o estilo geek.

De fato, a própria ideia da utilização do ambiente caseiro tem sido ressignificada nos últimos anos, especialmente depois da crise da pandemia de 2020, que levou muitas pessoas a precisarem trabalhar em casa, na modalidade home office.

Daí o crescimento na busca por soluções como projetos residenciais arquitetura, e especialmente no setor de Cama, Mesa e Banho, que tem tudo a ver com a decoração de interiores. O que deixa isso mais claro são algumas pesquisas recentes.

Por exemplo, um levantamento feito pela Ebit/Nielsen, uma das maiores instituições da área, que identificou que o segmento surfou uma curva de crescimento de quase 25% no último período, graças ao surgimento dos fatores que citamos.

Também assim, se por um lado temos esse crescimento vertiginoso do nicho de decoração, por outro lado o estilo geek representa uma tendência em si mesma. Até porque, esse estilo nada mais é do que uma efervescência cultural.

Para alguns, o foco é a cultura pop. Para outros, os elementos “nerds” mesmo, que dizem respeito a todo um universo de culturas e referências ao cinema das décadas de 70 e 90, além das histórias em quadrinhos, os games e tudo o mais que seja pop.

Em termos de vestuários, mochilas, bolsas, chaveiros ou mesmo etiquetas adesivas personalizadas, esse universo sempre foi bastante servido e sempre contou com várias alternativas em termos de comercialização.

Mais recentemente é que chegou a vez da decoração das casas, que hoje expressam as preferências e referências culturais desse público, que aliás é bastante exigente. Por isso decidimos escrever este artigo, trazendo dicas, ideias e conceitos da área.

O mais bacana é que a montagem dessa composição é tão diversificada, criativa e alegre que ela pode enriquecer o visual de qualquer ambiente, seja ele interno ou externo, voltado para descanso ou para o trabalho feito em casa.

Por isso mesmo, é possível adaptar os elementos de qualquer cômodo, indo das paredes ou do teto do dormitório até o piso vinilico amadeirado da sala de estar, além da cozinha, do banheiro e até mesmo da área de serviço.

Mas é preciso tomar muito cuidado, para que a criatividade não acabe causando poluição visual ou confusão entre os estilos. Então, se você quer entender como exatamente garantir isso e ressignificar os seus cômodos preferidos, basta seguir adiante.

O que é o estilo geek?

Antes de entrarmos nas dicas práticas de cada ambiente do seu lar, precisamos definir alguns conceitos básicos no seu sentido mais técnico.

De fato, toda alteração no estilo de um cômodo deve começar com um bom planejamento, que leve em conta não apenas o orçamento que será gasto ou as medidas com as quais você vai lidar, mas justamente as diretrizes do estilo escolhido.

O essencial é se manter nas referências que citamos aqui, girando em torno do universo nerd, da cultura pop e também do mundo das tecnologias e ciências.

Por exemplo, um tapete pode trazer a impressão do funcionamento de um microcomputador, ou mesmo um revestimento de parede em aço inox pode fazer a mesma coisa com o funcionamento interno dos tablets e smartphones.

Para facilitar, os elementos próprios de uma decoração, que podem ser preenchidos ou inspirados no estilo geek, são os seguintes:

  • Armários e estantes;
  • Móveis em geral;
  • Sofás, puffs, banquetas;
  • Prateleiras e nichos;
  • Tapetes, cortinas, almofadas;
  • Paredes e quadros;
  • Janelas e esquadrias.

Lembrando que o estilo geek também suporta elementos que passam por acessórios, utensílios, bonecos de super-heróis, adesivos de parede e muito mais, como ficará claro adiante.

No fundo, independentemente do cômodo, o importante é viajar por esse universo que descrevemos, sempre com muita criatividade, liberdade e amor pelo estilo geek.

É justamente isso que vai garantir que não haja poluição visual, mas sim uma fidelidade à proposta, tal como ela deve ser aplicada, de modo a trazer o que tem de melhor.

Dando os primeiros passos

Muita gente pensa que a aplicação de um estilo começa na sala de estar, seja qual for a tendência seguida em cada caso.

Na verdade, o estilo geek tem a vantagem de que pode começar antes mesmo da sala de estar. Ou melhor, já do lado de fora da casa, mostrando para todos os vizinhos do que se trata, como uma loja que se identifica logo na fachada com letra caixa.

Caso você more em condomínio e tenha regras a seguir, como não poder mudar a cor da fachada ou mesmo os tipos de janela e de porta, que tal apostar em um tapete de tipo capacho totalmente personalizado?

As estampas existentes são realmente um universo à parte, e seria possível fazer uma galeria somente com essa peça da decoração.

Elas vão desde frases célebres de filmes ou séries, passando pela imitação das antigas fitas de som ou de disquetes, até imitação de teclas do computador ou mesmo de barras de download, como as dos navegadores da internet.

Por dentro da sala de estar

Agora que você já marcou território e deixou bem claro quais são suas convicções, é hora de deixar sua sala de estar inesquecível.

Afinal, esse é o ambiente mais frequentado de sua casa, seja por você ou pelas visitas. E portanto também é aquele em que as pessoas mais reparam, então aqui é que o show deve acontecer de verdade.

Se o orçamento está ao seu favor, saiba que um rack sob medida pode fazer toda diferença. Ali você põe a televisão e já dá a tônica do que o ambiente inteiro pode ter.

Um exemplo marcante é o das estantes que imitam cenários de jogos clássicos, como aqueles que eram mais pixelizados. Depois, prateleiras, nichos e até molduras do ambiente podem seguir o mesmo estilo.

Se houver um ambiente anexo, como uma sala de jogos, isso pode gerar ainda mais efeito. Para esse cômodo é comum comprar cimento queimado e deixar o piso com essa aparência, que é neutra e favorece destaques em madeira e afins.

Também pode haver uma copa anexa, que é a sala onde fica a mesa da refeição, mas decorações para esse ambiente nós daremos abaixo, ao falar da cozinha.

Seja como for, a sala de estar ainda pode contar com almofadas e puffs bastante criativos. Hoje é muito comum utilizar esses objetos com ícones impressos, seja das grandes mídias sociais ou dos demais aplicativos de celular.

Comendo com estilo geek

Quando falamos na cozinha, na copa ou mesmo em comer fora desses ambientes, nem por isso precisamos deixar de lado nossa natureza geek, não é mesmo?

Um exemplo são os descansos de copo, que podem ser espalhados pela casa e levarem a assinatura do estilo, trazendo personagens ou, novamente, elementos da informática.

Outros acessórios incluem o jogo americano, que serve como descanso de prato durante a refeição. Ou ainda, o saleiro e o pimenteiro, que podem imitar os famosos dados de RPG.

Quando sair às compras, é fácil encontrar um item assim, pois o comércio costuma identificar tais produtos, seja na embalagem ou com rótulos em papel couche.

Por exemplo, alguns adesivos que estão à venda servem também para azulejo, portanto são voltados para a aplicação do universo geek na cozinha (ou na lavanderia e no banheiro, cômodos de que também falaremos ao fim).

Se você quiser algo mais marcante, pode recorrer a banquetas estilizadas. Ademais, o relógio, que não pode faltar em nenhuma cozinha, também pode ser geek, imitando algo como um mostrador que segue fórmulas matemáticas ou químicas.

Dormitórios e escritórios

Se a sala é um universo especial, os quartos também simbolizam uma ciência toda a parte, que permite mil e uma possibilidades.

O bacana aqui é que é possível lidar com elementos que são fáceis de trocar, como os tapetes menores, as cortinas e a roupa de cama.

Além disso, as luminárias também fazem sucesso, junto com mesinhas estilizadas e até mini refrigeradores que imitam filmes de ficção científica.

Quem aproveitou a onda home office para instalar o cantinho de trabalho no quarto, pode forrar uma superfície que imite o papel de parede do computador, e ainda fixar pastas amarelas na parede, transpondo o PC para o mundo físico.

Considerações finais

Se tem uma verdade sobre o estilo geek, é que seria possível ficar o dia todo falando sobre ele, com dicas infinitas.

Até banheiros e áreas de serviço podem incorporar essa tendência. Um cesto de roupa suja em forma de cubo mágico é um exemplo, ou mesmo fornecedores de brindes corporativos podem ajudar.

Por exemplo, uma marca de câmeras fotográficas pode distribuir suportes para papel higiênico que imitam as antigas máquinas, cujas fotografias saiam na hora, fazendo com que o papel saia por aquela região que dispensava a fotografia.

Enfim, com as dicas que demos é possível inserir o estilo geek em cada ambiente do seu lar, de forma criativa e sem causar poluição visual. Assim você se mantém fiel à proposta e à funcionalidade de cada área, móvel ou utensílio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de uso no site.